VER
  VER
  VER
  VER
  VER
  VER
  VER
  VER
  VER
  VER
  VER
  VER
  VER
   
 
  Receba todas as novidades no seu email.
Introduza o seu email.
 
 



 
Gestores de topo consideram Apple a empresa mais inovadora do mundo
A Apple, conhecida fabricante de produtos informáticos, foi considerada a empresa mais inovadora do mundo por 940 executivos e gestores de topo de 68 países. De acordo com a pesquisa, elaborada pelo Boston Consulting Group (BCG) através de um inquérito electrónico, a Apple ficou em primeiro lugar no ranking das empresas mais inovadoras, com 24,8% de repostas favoráveis, destronando assim a 3M, que no ano passado ocupava o primeiro posto e que este ano fica na segunda posição. Em 2004, a Apple ocupava o quinto lugar. “Uma das razões pela qual a Apple é considerada uma empresa inovadora é o facto de proporcionar aos consumidores produtos sempre associados ao design mas com utilização intuitiva”, explica Nuno Oliveira, director de marketing da Apple IMC Portugal. Além disso, é uma empresa que está constantemente a lançar novos produtos ou a relançar ideias já existentes, como foi o caso do Mac e do iPod. “Redefinimos o conceito do iPod. Este produto era um simples leitor de música, mas hoje em dia quando as pessoas vão comprar um leitor não pedem um MP3, mas sim o iPod”, afirma o mesmo responsável. No entanto, a Apple não fica por aqui. Um exemplo de um produto completamente inovador no mercado foi o iMac, um monitor que tem um computador inserido no próprio ecrã.

A chave para a inovação De que forma conseguiram estas empresas ser consideradas as mais inovadoras do mundo? Para os executivos inquiridos as primeiras dez empresas partilham de três atributos chave: Em primeiro lugar um excelente ‘market insight’, ou seja, os inovadores de topo têm de ter a capacidade não apenas de perceber o que os seus clientes querem, mas também de os ajudar a dar forma aos seus desejos. Depois é necessário que exista, dentro da empresa, uma cultura organizacional que suporte a inovação. Segundo os gestores, as melhores companhias conseguiram institucionalizar a inovação ao criarem e manterem culturas organizacionais que fazem emergir consistentemente as melhores ideias e performances dos seus funcionários. Além disso, todas elas utilizam esse capital para fazer o círculo completo do ciclo da inovação: “de uma nova ideia a produtos e serviços rentáveis até à próxima ideia promissora”. Por fim, o estudo refere que é preciso ter “olho para a oportunidade”. Isto porque nem todas as inovações começam com novas ideias. Por vezes, basta “pegar” em produtos e serviços existentes e melhorá-los. Muitas das vezes os resultados são mais positivos do que lançar uma nova ideia. Exemplo disso é o caso do iPod. Este inquérito foi realizado em 68 países, sendo que a maior parte dos inquiridos era norte-americano (43,3%, ou 407 questionados). Nove eram portugueses.
 
 

 

 

Home | Sobre Nós | Historial | Noticias | Contactos || Pedido de Cotações
Copyright © 2022 Pinto Lopes Todos os direitos reservados.